ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


RIO PERENE






Dentro de meus olhos

Vê-se uma paisagem

Às vezes eu pressinto o futuro

Mas o silêncio me atordoa



Desmatar os sentimentos

É triste demais...


E quando se tem amor tem sorte!


Abram os olhos...

Irei passar na avenida com meu estandarte

Ele é primoroso é um rio perene

O amor.


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 04/06/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários