ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


ASSIM QUE TE AMO








Mesmo com essa distância férrea

Posso alcançar a tua estrela


Mesmo com esse vazio, mas jubilar...

Posso descrever o amor


Mesmo com essa alma cega

Posso atravessar o fosso


Aprendi que posso ir o mais

Profundo possível

Das imediações terráqueas

E fisgar os teus olhos

Da cor do mar

Se me crucifico para

Dá-te o firmamento

Eu não me importo!...

Afinal para ti;

Sou o principio e fim

E é assim que te amo...
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 12/06/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários