ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


CANTO À SAUDADE





Quando penso em ti
O meu coração pulsa... pulsa
De saudade

Tenho sangue
E mãos calejadas
De procurar o teu corpo
Mas apenas o gosto da ausência
Sobe-me as entranhas

Águas sofridas e desertas
De uma alma incompreensível
Degusto o silêncio
E tudo que me alucina
É o tanto que não fui
E o que deixei de dizer
E o que mais me cega e me faz infeliz
É tua história que ainda
Não vivi.

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 25/06/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários