ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


imagem São Jeronimo no deserto-Bellini



PRIMEIRA PESSOA DO SINGULAR






Eu natureza viva
melodias e sóis
claridade lunar
o osso da mão
do pé
da coluna cervical


Vento que nasce
nos metais
a víscera encaixada
no fundo musical

Eu mundo nu
cratera que se abriga
no olho, no sangue dos
instintos latentes
das águas rasas
saudade e literatura


Eu vendaval
sem preconceitos
andares que te
levam ao centro
da terra
o jazz, o criptograma
o lar dos rebentos
o cristal que acumula
o sêmen inteligente
para o futuro


Eu matéria prima
do ancestral
o pêndulo do chocalho
o olho que observa
o céu cicatrizado
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 17/11/2008
Alterado em 17/11/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários