ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


POEMA ENRAIZADO






O poema cria sua raiz
Na escrita verde, no
Coração quebrado
No véu da noite, cálculos
Matemáticos, grama, ave
Negra, cavalo alado

Luz de neon, sinal de trânsito
No verbo amar, no casaco
Marrom, no jarro quebrado

No sorriso infante, olhar indeciso
Lago azul, no livro sagrado

Noites tempestuosas
Náufragos involuntários
Folhas de outono, mar em fúria,
Céu azulado.

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 24/01/2009
Alterado em 24/01/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários