ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


RESPOSTA AO POEMA AMOR 
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE





Meu querido amigo velho apaixonado
Estou vivendo essas suas palavras, esse grande amor está ancorado em meu ser, percebi que o meu coração parou de funcionar por alguns instantes, é que encontrei a pessoa mais importante de minha vida.

Fiquei ciente disso quando nossos olhos se cruzaram e tiveram o mesmo brilho, e vejo que é essa pessoa que eu esperava desde o dia que nasci.

Nossos toques de pele, dos lábios foram puramente intensos, senti a paixão estremecer em meu peito, todo meu pensamento está direcionado a essa pessoa, desde os primeiros momentos que acordo até ao anoitecer quando vou dormir, toda as horas quero está do lado dessa pessoa, agradeci ao Senhor lá do céu.
Pois acabei de receber o maior presente em minha vida, o maior de todos os sentimentos O amor.

Estamos sem magoas no coração, pois nos perdoamos, nos Abraçamos nos acariciamos, essa pessoa foi feita para mim tenho certeza, sinto que posso contar com essa pessoa, pois sei que ela sofre por mim, quando sofro, choro, acho muito bonita, sinto o seu cheiro como se estivesse aqui ao meu lado.
Acho fantástico quando seus cabelos estão emaranhados, o cheiro do seu gozo é maravilhoso.

Não consigo trabalhar direito, pensando no telefonema de todas as noites. Os nossos futuros foram traçados, sinto isso na pele, percebi que é amor verdadeiro, que não tenho olhos para outra pessoa, desejo amar essa pessoa até o apagar da velha chama, O AMOR.



ALBERT ARAÚJO
10-03-09 - 23:45




*******************************************************



O AMOR - CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE


Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.

Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.

Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem d'água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.

Se o 1º e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Algo do céu te mandou um presente divino : O AMOR.

Se um dia tiverem que pedir perdão um ao outro por algum motivo e, em troca, receber um abraço, um sorriso, um afago nos cabelos e os gestos valerem mais que mil palavras, entregue-se: vocês foram feitos um pro outro.

Se por algum motivo você estiver triste, se a vida te deu uma rasteira e a outra pessoa sofrer o seu sofrimento, chorar as suas lágrimas e enxugá-las com ternura, que coisa maravilhosa: você poderá contar com ela em qualquer momento de sua vida.

Se você conseguir, em pensamento, sentir o cheiro da pessoa como se ela estivesse ali do seu lado...

Se você achar a pessoa maravilhosamente linda, mesmo ela estando de pijamas velhos, chinelos de dedo e cabelos emaranhados...

Se você não consegue trabalhar direito o dia todo, ansioso pelo encontro que está marcado para a noite...

Se você não consegue imaginar, de maneira nenhuma, um futuro sem a pessoa ao seu lado... Se você tiver a certeza que vai ver a outra envelhecendo e, mesmo assim, tiver a convicção que vai continuar sendo louco por ela...

Se você preferir fechar os olhos, antes de ver a outra partindo: é o amor que chegou na sua ida.

Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou encontram um amor verdadeiro.

Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses sinais, deixam o amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio.

Por isso, preste atenção nos sinais.
Não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: o AMOR !
Ame muito.....muitíssimo...


ALBERTO ARAÚJO
10-03-09 - 23:45


 


 
 







Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto

Resposta ao poema o amor
Carlos Drummond de Andrade




ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 11/03/2009
Alterado em 27/03/2015
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários