ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


A PLENITUDE DAS ESTAÇÕES






As folhas caem

Contrapondo a estação outonal

Existem sonhos

Passos para a alma voar



Estou cara a cara com a primavera

Olho a olho com os lábios da constelação

Nada tolha os meus sonhos




A chuva cai

E o vento faz bailar a grama

Vida viva

Viva vida



Terra serena

Misturas de essências das flores

Que perfumam as noites



O sol solta o sorriso

Percorrendo milhões de rostos



E a estação? Sempre virá!
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 16/03/2009
Alterado em 16/03/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários