ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


POEMA A MINHA AMADA







Ó minha amada

Luz das estrelas – beleza

A me guiar



Quantas bocas

Quantos olhos – esperteza

A me vigiar



Ó minha amada

Quantos mistérios

No teu mar – fortaleza

A me navegar




Brancas pirâmides

Colunas explosivas da paixão

Anjo da despregada lua – delicadeza

E tanto amor no coração




Ó minha amada

Que és mais linda

E mais pura que a estrela matutina – sutileza

Que lanças a paixão no meu peito

Que meu coração se desatina



Beleza – esperteza – fortaleza - delicadeza - sutileza


Ó minha amada

Brindemos ao amor – encanto

Minha eterna princesa









ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 22/07/2009
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários