ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


DESEJO DE SER UM SALVADOR







íntimo e claro
há em meu peito
um vontade louca de ser um
anjo-selvagem – ou
um anjo delgado
seria um mel de armas em punho
e pelo meu lado concreto
salvar dos escombros
os passarinhos


traçar uma linha
forte e exportar
todos para além
dos pólos torturantes

agora
há uma vontade
de ser um elefante
não para suportar
os quadrúpedes elegantes

sim,
para salvar o prédio
e o habitat carente
estragados pela enchente


acordai-vos
lá mora tanta gente

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 14/01/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários