ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PAISAGEM DO AMOR






pode-se ter
um avião, sucessivos emblemas
dinheiro para comprar uma estação de trem
permitir que os relógios
maquinem o trânsito
na sala molduras e hipotéticos dicionários

pode-se
olhar distraído para as arestas
viadutos, chuvas no final da tarde
superfícies que se sobrepõem na cidade
folhas caídas no chão

nunca:
um amor, que moldura
as engrenagens do coração


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 06/02/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários