ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


POEMA ALEGRE






Deixas eu escrever em ti
um poema alegre
desses que flui como
uma lava, uma música
uma palavra que arde
e todos os males espantam

um poema alegre
desses melhor de se ouvir
que no transcurso do sabor
uma flor
que seja fácil sentir o amor

um poema alegre
no auge da chuva caindo
no telhado em noites invernosas
seja recitado um acalanto
que ao chorares enxugue
teu pranto

um poema alegre
no teu coração de estrelas
e na tua alma de anjo
deixar o meu marcar
de poeta

um poema alegre...
absolutamente alegre
feito o sol que todos os
dias te desperta

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 14/03/2011
Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários