ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


CORAJOSA

O MESMO SOL QUE CINTILA
A MESMA COMIDA QUE PLANTEI
A MESMA SAUDADE NO PEITO
TUDO ALI DEIXEI...
PARTI, CHOREI,
FUI PROCURAR MELHOR VIDA,
MINHA LUTA NESSES ANOS
E ESSA RUGA ESCONDIDA,
ALI ONDE NASCEU MEU FILHO
LUGAR DE MEUS PAIS,
E DE MEU GRANDE AMOR
NÃO TENHO MAIS,
CHOREI SIM, MINHA MÃE
HOJE NÃO CHORO MAIS,
ESTOU BEM MELHOR, ESTOU NA PAZ
VIM BUSCAR MEU FILHO, MEU AMOR
PARA EM MEU PEITO SANAR A DOR
TENHO TUDO QUE QUIS
AGORA DIGO QUE ESTOU FELIZ
MAS O MEU SOL
A MESMA COMIDA
A MESMA SAUDADE, FICOU ATRÁS
FICOU SIM, LÁ ONDE MORA MEUS PAIS.







PRA SOCORRO DIAS


11-11-06
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 05/02/2007
Alterado em 10/03/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários