ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


EU ME RENDO



No anoitecer você chegou,
como quem não quer nada,
me jogou no chão,
mordeu minha língua
me virou do avesso
vasculou minha gaveta
virou o meu retrato,
quebrou o meu espelho
trocou meu travesseiro
deixou-me desatinado,
entre a escuridão e a claridade
você resolveu partir...
eu já não tinha mais minha 
intimidade,
fui a tua procura ao entardecer
eu faço e me desfaço pra te ver,
mal sei como você se chama,
mas me entrego absolutamente
para o teu jeito estúpido de amar,
você é sob medida pro meu amor
e a este jeito louco de amar
sinceramente,
EU ME RENDO.
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 23/02/2007
Alterado em 23/02/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários