ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


TARDE FELIZ




Oh!.. Tarde!...
tu me sorristes,
mostrou-me o que a emoção
pode fazer em um ser humano,
fui surpreendido. Que ao olhar
o jardim do meu coração, tinha
brotado uma flor, e essa divina
flor, abriu seus sentimentos, sua
vida e sua sensibilidade, mostrou-me
o quanto o sentimentalismo impera em
seu coração, e toda sua paixão por um
ser telúrico. No entanto, a minha emoção
extravasou, veio a flor da pele, fiquei
perplexo sim, confesso, diante de tanta
beleza e originalidade exposta ali em minha
cara, esta flor cravou em meu peito a centelha
da paixão.
E agora? que farei!...
Ah!... já sei, deixarei todos meus sonhos de ser
majestade um dia, me transformarei em um 
humilde jardineiro, para que possa todos os
dias até a eternidade, regar e aspirar o divino
perfume dessa exuberante flor, que desde então
irar fortalecer-me para a caminhada da vida lá fora.






ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 22/03/2007
Alterado em 09/10/2011
Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários