ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


EU ESTAVA TRISTE...




Hoje amanheceu, o raio
de sol surgiu e resistiu o
seu brilho,
Ontem eu estava triste...
Eu estava sozinho que nem
um peru na véspera de natal,
Eu estava sem graça que nem
o bôbo da corte,
Eu estava triste que nem o 
palhaço Arlequim quando perdeu
sua Colombina,
Eu estava calado que nem a
Monalisa de Da Vince,
Sair por aí, te encontrei, tudo
ficou alegre, desejei bom dia
ao meu inimigo, sorrir para a
criança amamentando o colostro
de sua mãe, gritei aos quatros
ventos, e falei da beleza da natureza,
Hoje tenho você e o sol na minha vida,
não quero mais nada.
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 22/03/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários