ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


O AMOR SEMPRE CHEGA






O semblante cármico do amor
E S P E R A - N O S...
Tão contagiante e rítmico
por nós e pelo afeto.
Linguagem confortável de atitudes,
tão reticenciosa e que no amar nos questiona,
dizendo que:
a sua cálida luz é instigante
e que lateja por ser atinada,
que a alegórica chama é incendiada
em súbitas agitações assonantes.

Os nossos corpos pulsam:
movimentos de furioso CÉU.

Ao perceber que não estamos sós,
a sede de lua cheia, o sentimento ondeado...
Tudo, tudo...
a que nós alcançamos,
nos emergem desnudados.

Os corpos na entrega do delírio
e o clarão túrgido
conhece e ousa intimidar
o som agudo do planeta...

e vem a chuva de orquestras...
e vem o aveludado relampejo,
mas tudo, tudo passa...

E quanto em nós,
o amor sempre chega.


 
Edição de imagens;
Shirley Araújo

Texto: O amor sempre chega

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 22/01/2014
Alterado em 23/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários