ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


CANÇÃO DO AMOR ETERNO






Do horizonte, vê-se a afabilidade da cidade...
Roseiras e luares – são universos ardis,
que se estendem nos corações
dos poetas apaixonados.


Sim, o amor é interminável,
para os que apreciam o infindável:
sorriso das flores,
além - tocam os peixes,
e delineiam os pássaros...


Da arredondada terra,
ouve-se a trombeta dos Arcanjos
em seus Castelos de Camélias.
.
.
.

Todo o nosso amor - altivo e cálido.
Sobe os degraus da eternidade...
 


Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Canção do Amor Eterno

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 27/01/2014
Alterado em 27/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários