ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Sede essência divina
 
 

Ah! Extrair as persianas patéticas,
que não deixais vedes o SOL,
que entra sorrateiramente pela janela.
O sol - sustenido facho diviníssimo!

.
.
.

Então, o domínio da florescência - emergirá,
e todos os astros nos castos anoiteceres – terão o vosso deslumbre!

Sede o som lírico ao entardecer,
dos galhos esculpidos - a flor,

do sossegado lago – o reflexo,
do  contemplativo horizonte – a paisagem...
 
 Vereis que é primoroso.
Sede a essência primordial,
dessas mágicas e notáveis obras de Deus!
O Criador da Vida...
Quem deu asas para os pássaros voarem,
quem nos deu olhos para ver os astros...



 

 

Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Sede Essência Divina

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 28/01/2014
Alterado em 28/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários