ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


POEMA DE AMOR SONORO






Em todos os caminhos te encontro.

Manuscrevi:

Todos os lugares têm os dons de te descobrir.


Aprecio tanto o teu corpo desenhado
Na sólida metáfora de mim.

Tantas vezes passo
a cingi o teu frenesi,
e beber a água e sorver o teu ar.
Sublimes vigores e cores... Purezas.
As mesmas que te cruzam horizontes.

Tão grande - tão particular é a tua estrela,
que ao fluir em meu corpo,
a luz faz-se atônita...

E toca os próprios espaços
do corpo que já a absorve...
do flúmen que já a encharca...
da boca que já a sorve...

.
.
.

E todas as minhas ruas te procuram.
Em todos os lugares te encontro...

 




Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Poema de amor sonoro

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 30/01/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários