ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


COTIDIANO 2020






A cidade tem o capacete do cotidiano:
seu retrato,
seus ribeirões,
suas avenidas,
suas moradias.


Todos, reciprocamente e delicadamente refazem,
os desenhos dos pássaros
e tocam os peixes no final do túnel esfomeado.


Sobre o asfalto - A roseira decifra
a construção do viaduto:

-  Toda cidade marcha para o futuro,
com sua arquitetura perfeita.


A cidade move-se entre as folhas do cotidiano.


:


Uma - estrela surgiu no fim deste poema...




Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Cotidiano 2020

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 13/02/2014
Alterado em 13/02/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários