ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


A NOITE





No alto uma estrela brilha...
A brisa derrama sua frescura
Nas desoras angustiante,
Meus olhos vêem vácuos sem fim...
Meu coração repousa na beira do rio
às custas da solidão atormentada...
Suspiro o ultimo beijo do sol, e
Contemplo um coração amargurado...
No meu jardim, oh!... Seresteiro, tu cantas
as mais belas canções do firmamento,
Onde os anjos bajulam
A tua amada na janela do teu coração,
Mas... A ti dou encanto e mistérios
à sombra da minha paisagem risonha,
Tantos desvelo e benquerença
Antes do amanhecer.



Albert Araújo
28-04-07
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 29/04/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários