ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


Motivação
 
 
 
No gume da lua cheia,
tocar o silvo da canção,
quando o instante venturoso permanecer.
Órbita do címbalo clássico,
na entoada vida rítmica e completa.
 
Epopeia do alegre poeta:
A carne dos acontecimentos sonoros da poesia.
Nas arestas;
sente o néctar
ou o tormento das marés,
e consegue atravessar dias e noites no vento.
 
Não se desmorona! Ao contrário.
Nas manhãs se edifica,
permanece - e se refaz na bússola cheia.
 
 
Motivação:
Ativar o silvo do canto,  a canção é tudo!
tem progênie eterna - ombros e braços ritmados.
 
E um dia serei canção!
espetáculo nos dias lendários - mais nada.
 

 

 





Edição de imagens:
Shirley Lopes
Texto: Motivação


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 15/02/2014
Alterado em 15/02/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários