ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


ENTRELAÇES VERBAIS DA DAMA E O CAVALHEIRO




Ao sol do meio-dia...
Entrelaçar os aromas verbais da Dama e do Cavalheiro.
:
O cardume de ombros e braços que me residem
às margens da mansão viscosa das estrelas,
balouçam as alturas ímpares do meu amável dia.

O que me é devido nas entrelinhas
dos pântanos,
dos continentes,
dos ciclos cardinais.
Sobre as velas das
papoulas róseas - Chegaram!

Eloquente coração,
vestido de tranças e sabedorias da Dama,
as mesmas que rasgam as águas
tão somente em fatais circunstâncias.



Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Entrelaces verbais da Dama e o Cavalheiro

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 17/03/2014
Alterado em 18/03/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários