ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PASSARINHOS NA JANELA, DOMINGO







Passarinhos pendurados no arame - Ação.
Lucidez - que cobre a epiderme,
onde abrigam os meus poros.

Dilatados sabores do âmbar ao vento,
à instância mais próxima do néctar,
polens pingando o ardor do zodíaco,
ao movimento das palmeiras.

O Céu o lugar imortal,
Onde mora Cristo e os progenitores.
Profundo tremular das flores
E penugem da cotovia -
expressões simples e
elétricas famílias.
:
Sobre o dia de domingo,
amo frequentar o Santíssimo,
Adorar o Senhor faz-me bem.
Depois, fico a observar os passarinhos na janela.
Está lá agora, no agreste galho do flamboiã.

 



Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Passarinhos na Janela


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 22/03/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários