ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


MINHA DEUSA



O Louco que habita dentro de mim...
Suplica o teu desatino também,
Meus olhos tresmalhados numa
Odisséia desvairada procuram
O marfim que envolve a tua pele,
Uma constelação despoja o teu
Brilho sedutor que me fascina,
Os argonautas imergem a procura
De tua órbita de prata... onde o
Teu êxtase me afagas,
Só Tu és minha deusa...
O teu hálito libidinoso me faz
naufragar em teu corpo...
e o meu corpo repousa em tua
pele dardejante.
Só tu és minha deusa...
Só tu, que amo tanto,
Só tu... que tens um amor imortal.


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 04/05/2007
Alterado em 04/05/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários