ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


REALIDADE CONJUGAL





Houve amor logo no primeiro encontro.
Sóis no ventre do vento... Bem ali,
em frente à fonte de neon do jardim da flor.
Macieiras encharcadas de pântanos.
Insuperáveis beijos de anjos.

Foi ontem, foi hoje... o episódio,
nas asas do olhar contemporâneo.
O vinho em uma taça brindante...
a falta do fôlego,
mãos frias, coração pulsando,
e a descoberta da paixão acesa.


Beijos e sussurros...
A vidraça do amor se abre
como de modo íngreme - natural.

E por eles aventuram-se risos e contemplações...
Heróis incidem a cruz e a espada.
Um ritual híspido entra em cena,
fazendo do momento - felicidade.

Agora eles brindam o amor
por todos os cantos.
E das risadas das flores,
o néctar da glória doce.

Com o decorrer da vida.
Virão nas asas da poesia,
as franjas douradas dos rios...





Texto: Realidade conjugal

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 17/07/2014
Alterado em 19/07/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários