ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


ENTRE ERVAS





No coração do poeta
a seiva
as ramagens
e os frutos da lua
que resplandece no Céu majestoso de Icaraí

Vá poeta!
vá... breve pássaro pousado
cai no silêncio e penumbra da alcova
da Vênus que te aquece

Vá poeta! nunca vá embora
domestica o cultivo
das frutas do riacho
em suas texturas acerem as vinhas

Poeta!
arraigado e asas molhadas
aninhado entre ervas




 
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 12/08/2014
Alterado em 12/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários