ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


AMIGO




 
À José Roosevelt Dias
ou simplesmente Russô







Uma videira se acendeu
quando nos conhecemos,
consagramos no paladar
o frêmito da palavra amigo!

À sombra do ninho,
deixem que os olhos conjuguem:
Amigo é uma entrância de sol
a suportar o vazio.

Olhos de águia
num plantio abrasador.

Aurora coroada
plantando nos rios a raiz do amor
e além do grito a varanda sonora
nos nervos das pedras.

Sabor leal em ervas
distribuindo sorriso
de boca em boca.

Uma cepa fluente e purificada,
um domicílio, ainda modesto,
Uma alma completa a pulsar
em nossas mãos.

Amigo é a verdade
compartilhada e
perpetrada.

Amigo é uma grande estação,
pupilas dentro de uma auréola
depois da labuta.

Uma concha benévola,
um pensamento fecundo.

Amigo é um grande esplendor
um parreiral a sombra do suor,
uma doce presença no quintal.
Uma lâmpada
um fósforo ardendo em oração.

Uma fortaleza de frutos sadios
um intenso manancial...





Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Amigo


 
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 21/08/2014
Alterado em 21/08/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários