ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PÔR DO SOL NOBRE EM ICARAÍ





E o combustível amor é incenso
no poente róseo e amarelejo do céu de Icaraí.
A língua do sol a safar na praia
desfaz-se na maresia
e perfuma as trilhas,
ramagens dos poemas

Pôr do sol em Icaraí,
Um esplendor, um voo de pássaro.

Pelos olhos de Maria, Joaquina, Rafaela...
vê-se os sumos das folhas crestadas
seduzirem as avenidas...

Ainda,
os anjos ao longe a tocar violoncelo.
A lembrança do barco de marfim
costura infinito nas ondas da Guanabara.

A réstia do chão ao ocaso
é uma rosa,
uma taça de vinho...


Tudo é doce e belo.
Tem aparência de inspiração...
Encanto!
E eis que surgem lâmpadas e fósforos
entre as asas da flora e da fauna.

Os lírios e a face de Jesus Cristo
na vida cotidiana,
faz-se Oásis.


Pôr do sol criativo,
pelo risonho encantamento
das ovelhas na pastagem,
elegante poder de estender
as roupas no varal
e o natural poder
de ser o rosto da poesia.

Belíssímo...




 

Edição de imagens:
Shirley Araújo

Texto: Pôr do sol nobre em Icaraí

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 07/09/2014
Alterado em 08/09/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários