ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


NO ÍNTIMO DO GOTEJANTE AMOR







O poeta ateia o poema,
incluso o fôlego do seu gotejante amor
e as palavras incendeiam
a boca umedecida.

Em todo o viver de asas,
redemoinhos, perplexidade.

Em toda e qualquer era,
no trajeto das ramagens do coração.

Em qualquer tempo,
de ir-se ao gotejamento do amor à vida.

Inúmeras são as constelações
e os húmus de luz.
Carne e grafia – alma e semente,
no íntimo do entremeado
Oásis do amor em flor.










Edição de imagens:
Shirley Araújo


Texto: No íntimo do gotejante amor




ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 25/10/2014
Alterado em 25/10/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários