ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


VIVEMOS DE PAZ E AMOR


.

Permita que eu abra o coração
e incense as raízes do canto.
O corpo e a alma
são templos melífluos e sagrados:

“A casa de Deus é Santa;
e cada um é o seu Templo
e a Alma é Imortal”.


Vivemos de paz e amor.
Ofereço-te:
o semblante da alegria,
a caneta, a enxada,
a glória que nos é proposta,
progênies e forças nutridas de paisagens
belas, belíssimas...

Os pés enxutos,
os sonhos e a adequada semente do amor
na varanda sonora do cotidiano.

:

Os albatrozes
sempre retornam aos seus viveres.
As camas sempre são recompostas.
Entre o punhal e a pomba:
escolher a ave.

Em torno do coração,
Afago, serenidade e dedicação;
São esses mananciais
que movimentam a vida!









Edição de imagens
Shirley Araújo
Texto: Vivemos de paz e amor





 
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 10/11/2014
Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários