ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


O TEU SORRISO





Despeje o teu desvario em mim...
Escancare todo esse teu sorriso,
Que ele desnorteie
As órbitas dos asteróides,
Que escave e cisque
As páginas dos livros,
Que falam de amores tresloucados
Que cause turbilhões nos oceanos...
Espoque a primeira nuvem branca no céu,
Cicie o beijo dos amantes
E os redistribua como sementes
Que germinará o trigo!
Desmembre todas as cores do arco-íris
Desnude a estátua rupestre,
Creste a superfície da terra,
Devore a epiderme da alma.
Que todo esse teu sorriso crasso...
Satisfaça, o meu Ego!



08-06-07
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 08/06/2007
Alterado em 15/10/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários