ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


O RIO DE JANEIRO QUE EU AMO É ASSIM










O Rio de Janeiro que eu amo é assim:
Exuberante, acalorado, puro 40 graus...
Multicolorido, perfumado de jasmim.
Alma absorvedora do amor, poesias em saraus.


O Rio de Janeiro que eu sou apaixonado é assim:
Sinos refulgentes de alegrias, poetas e suas histórias.
Tem o coração nobre, o contentamento não tem fim.
Passos acelerados. Senhor guardador de memórias...


O Rio de Janeiro que eu reverencio é assim:
Manto Sagrado entre verbos. Terra de mil amores.
Músicas, cinemas, livros, futebol... Vivos jardins com flores!

Orlas delicadas, da aurora ao anoitecer, que belo arrebol!
Solo luxuosíssimo, cidade maravilhosa.
Cidade viva, eu gosto de sentir na pele a sua fissura de sol...
Rio de Janeiro, particularidade frondejante e formosa,
de coração perspicaz e alma esplendorosa.




BY © ALBERTO ARAÚJO


CLICAR NO LINK PARA ASSISTIR AO FILME:


https://www.youtube.com/watch?v=VURdJNamdIk













 
ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 15/11/2017
Alterado em 17/11/2017

Música: AQUELE ABRAÇO INSTRUMENTAL - MARCIO AMARAL

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários