ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


LÁBIOS DE MEL.





Ó, caçadora de beijos calientes...
Quero enterrar no teu mar a minha
torre jazente.
Na tua pátria, lançar de meu arquipélago,
os meus instintos sedentos de pedra.
Quero fertilizar o teu território de águas
sedutoras.
E no teu crepúsculo confundir o teu mel
com minha saliva.
Então mergulhar na tua ânsia, e no teu contentamento,
Ingerir o que tu tens de bom.
E nos teus lábios de mel saciar a minha sede
de desejos de sol ardente.
E no final de tudo quero amar-te sem limites
E viver uma grande história no céu azul.

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 10/11/2007
Alterado em 10/11/2007
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários