ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PRIMAVERA (SAUDADE DA INFÂNCIA)




Ah! Quem dera poder voar de
Galho em galhos das árvores
Como outrora.

Que inda pudesse ver o desabrochar
Da primavera
Ouvir da minha cozinha
Os cantos dos pássaros azuis na gaiola
Na casa da vizinha.

Beijar o meu primeiro amor e subir aos céus,
Sentir o crepitar das roseiras no jardim de
Minha avó Vicência.

E no velho monge banhar-me e nadar até as
Pedras do cais
Chupar cana-de-açúcar tirada inda verde do pé

Assim mataria minha saudade dos tempos idos
E das horas abrasadas que passei na infância...

Oh! Que saudades!...


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 19/01/2008
Alterado em 21/01/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários