ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


AMOR FEBRIL






Não sei se me entendes
Ou se me ouves!
Mas o meu amor está em um desespero
Total por ti...

Que na mais profunda dor se encontra
A minha alma

Quero amar um amor desmedido
Quero saciar-me em beijos ardentes
E nas noites delirantes meu corpo
Seja coberto de amores febris.

Deus piedoso, consolador dos que amam,
Perdoe-me por amar assim.

ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 01/02/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários