ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PALAVRAS SINCERAS





É triste ver
Tu levar da lua
O sorriso.

Esconder das
Crianças as sandálias
De cetim.

De comer em silêncio
Os doces da geladeira.

Amassar as flores
Da primavera.

Cria juízo!...

Se não esqueço que sou poeta
E irei apalpar as tuas mãos.


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 07/03/2008
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários