ALBERTO ARAÚJO - MEU RECANTO
Contos, versos e sentimentos à flor da pele.
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


PAISAGEM NATURAL
 
 
 
Da minha janela
a paisagem é infinita.
Oceanos, campos e pássaros...
Agasalham-se no horizonte
postados sobre o solo.
 
A natureza me sorri.
Os coqueiros me abanam
em uma perfeita harmonia
estamos integrados.
 
O meu limite é o sol,
dividindo meu território.
Planto árvores,
crio vidas,
alimento os pássaros
e juntos plantamos
a semente do futuro.
 
Que bela imagem,
meus olhos veem!
Creio que os homens têm solução.
 
O meu olhar vagueia.
E de folha em folha da palmeira
descortino um paraíso.
Quero nele meus filhos deixar.
 
Plantei esperanças nos corações.
Jovens sementes da vida.
Numa terra tão bela
durmo em paz, estou tranquilo.
 
Salve minha terra amada.
Do alto dos carnaubais,
Coqueiros em abundância.
A pesca é farta e ainda brotam milharais.
 
Aqui é o meu Lugar!
Que bela imagem
Meus olhos veem
Um paraíso que acredito...
 
 






TEXTO: PAISAGEM NATURAL


ALBERTO ARAÚJO
Enviado por ALBERTO ARAÚJO em 21/04/2008
Alterado em 05/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (@Alberto Araújo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários